HOUSTON (BP) — A Texas tribunal rejeitou vários réus e várias contagens em uma ação alegando abuso sexual por parte de aposentados do estado do Texas, juiz de Paul sido substituído pela dra.

a ação movida pelo queixoso Gerald Duane Rollins em outubro de 2017 alegou má conduta sexual por Pressler e também procurou responsabilizar vários outros réus, incluindo a Convenção Batista do Sul. Distrito de Harris Juiz R. K. Sandill’s Oct. 15 decisão que concede o julgamento sumário indeferiu, entre outras questões, todos os pedidos contra o SBC, porque o estatuto de limitações expirou sobre esses pedidos.Pressler ajudou a criar uma estratégia para transformar a SBC de volta às suas raízes teologicamente conservadoras no final do século XX. Ele também serviu Batistas do Sul em várias outras capacidades voluntárias.O advogado da SBC James Guenther disse à Baptist Press: “A Convenção tinha várias defesas neste caso. A defesa mais básica era o fato de que a Convenção não cometeu nenhum erro e não estava envolvida ou conectada de alguma forma com os danos que o Sr. Rollins alegava. Além disso, a Convenção não tinha controle sobre ou qualquer dever de controlar o Sr. Pressler ou qualquer um dos outros réus. Portanto, nenhum dos fatos necessários para afirmar qualquer reivindicação válida contra a Convenção estava presente. Simplesmente não foi responsável se outro réu neste caso envolveu-se em qualquer delito.

“Enquanto vigorosamente, afirmando a todas as suas defesas, a convenção entrou em rota considerada mais prática, econômica e indiscutível: o autor da ação contra a convenção foi arquivado tarde demais, não por semanas ou meses, mas por anos o prazo prescricional teve tempo de execução sobre as acusações,” Guenther disse em comentários por escrito. “Uma vez que o estatuto de defesa de limitações era aparente das próprias alegações do queixoso, o tribunal não precisava considerar as outras defesas da SBC para as alegações de Rollins.”

Sandill ordem aplica-se a Rollins’ alegações sido substituído pela dra abusado dele e também para reclamações relacionadas, incluindo conspiração e negligência, contra sido substituído pela dra, a SBC, Southwestern Baptist Theological Seminary, ex-Sudoeste Presidente Paige Patterson, Houston Primeira Igreja Batista, a Segunda Igreja Batista de Houston, sido substituído pela dra esposa Nancy e sido substituído pela dra ex-sócio da lei Jared Woodfill.

a decisão não descartou a difamação e difamação de Rollins contra os Presslers, Patterson, Southwestern, o primeiro de Houston e Woodfill relacionados a uma declaração feita em 2017. Nem a Sandill descartou a violação de contratos relacionados com o Acordo de um processo separado que Rollins interpôs contra a Pressler em 2004, alegando agressão por parte da Pressler.

todos os réus negaram todas as reivindicações contra eles.Sandill anunciou sua intenção de conceder um julgamento sumário sobre as alegações de abuso sexual. 17 numa audiência. Mas a campanha de Sandill para o Supremo Tribunal do Texas e uma série de moções de Rollins — incluindo várias tentativas de remover Sandill do caso — atrasaram a emissão de uma ordem assinada. outubro. 15 ordem também negou o pedido de reexame de Rollins.

Rollins tem o direito de interpor recurso.

Rollins ‘ 2017 lawlue alleges he first met Pressler when he was matriculed in a young adult Bible study that Pressler, now 88, led at Houston’s First. Rollins mais tarde trabalhou na firma de advocacia de Pressler. Ele alegou que o abuso começou no final da década de 1970, quando Rollins tinha 14 anos, e continuou até 2004.

a SBC, juntamente com outros réus, Rollins alegou, tinha um “dever de exercer cuidado razoável, de modo a controlar” Pressler, que serviu como membro do Comitê Executivo da SBC de 1984-1991.

em Fev. 1 moção, a SBC pediu a Sandill para conceder um julgamento em favor da Convenção sobre o estatuto de limitações. A SBC afirmou que Rollins afirmou que “ele foi abusado de 1978 a 2004, quatorze anos atrás. petições foram apresentadas em 2017 e 2018 … O maior prazo prescricional é de cinco anos, fazer petição, pelo menos, oito anos de atraso para o último dos alegou moléstias (2004), deixe só aqueles alegadamente ocorridas nos anos ’70, ’80 e ’90.”

Rollins afirmou em uma Ago. 10 tribunal de depósito a prazo prescricional não expirou, neste caso, porque sido substituído pela dra alegada má conduta”, tornou-se aparente” para a Rollins “não, mais cedo do que de novembro de 2015, em uma prisão de troca entre ele e uma prisão psicólogo”, enquanto henry Rollins servido tempo para uma condenação de DUI.Em última análise, Sandill concordou que o estatuto de limitações tinha expirado.Pressler foi um juiz da corte de Apelações do Texas, 14º distrito, e membro da legislatura estadual do Texas.

    sobre o autor

  • David Roach
    David Roach é um escritor em Nashville.Leia tudo por David Roach ”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.